RM de Salvador melhora seu IDHM, mas é grande a desigualdade entre os “bairros”

Ontem foi divulgado o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) das Regiões Metropolitanas (RM) do Brasil.

O índice é composto tomando em conta três indicadores de desenvolvimento: expectativa de vida, acesso à educação (considerando a escolaridade da população adulta com ensino fundamental completo e o percentual de jovens frequentando a escola) e renda média da população.

A escala do índice vai de 0 a 1. Quanto mais próximo de 1 melhor é considerado o desenvolvimento do lugar.

Num ranking entre as 16 regiões metropolitanas do país, a RM de Salvador ocupa a 11ª posição com índice de 0,743 para 2010. Em 2000 o índice foi de 0,636.

infografico--idhm--salvador--rms_1467752
Arte produzida pelo jornal A TARDE Fonte: http://atarde.uol.com.br/materias/1641934

O IDHM faz parte do Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil, elaborado pelo Programa das Nações Unidas pelo Desenvolvimento (Pnud), pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pela Fundação João Pinheiro.

O Atlas reúne também outras informações sócio-econômicas e tem como fonte os dados censitários do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Atlas está disponível no portal www.atlasbrasil.org.br e apresenta indicadores sobre renda, educação, demografia, trabalho, habitação e vulnerabilidade social.

UDHs, dados por “bairros”
O Atlas permite analisar as diferenças de qualidade de vida nas diversas partes das regiões metropolitanas ao recortar o IDHM e os demais dados em áreas denominadas de Unidades de Desenvolvimento Humano (UDHs), um conceito que pode se aproximar ao de bairro.

Trata-se de uma ferramenta importante para conhecer a realidade das diversas localidades nas grandes cidades brasileiras já que os dados fazem referência direta aos diferentes espaços.

Assim, enquanto a UDH de Ondina (0,958), Itaigara (0,952) e Vitória (0,952) têm os melhores IDHM da RM de Salvador, Ilha da Maré, Ilha dos Frades e Nova Constituinte tem os piores índices, todos com 0,578.

O perfil completo da RM de Salvador pode ser acessado aqui.

O perfil de cada UDHs (“bairros”) pode ser acessado aqui.
(Selecione as opções desejadas e depois acione o ícone ver no mapa. Ampliando-se o mapa pode se ver melhor as diferentes unidades e clicando em cada uma delas seu perfil.)

IDHM e IDH
Os fatores de cálculo do IDHM são os mesmos do cálculo do IDH, índice criado para ser uma avaliação mais “humana” da qualidade de vida da população em comparação com Produto Interno Bruto (PIB), que leva em conta apenas a renda.

Para o cálculo do IDHM, porém, existem adaptações à metodologia global do IDH que atentam para a disponibilidade de indicadores nacionais e o contexto brasileiro.


Foto: Lalo de Almeida/ The New York Times

 

2 comentários em “RM de Salvador melhora seu IDHM, mas é grande a desigualdade entre os “bairros”

  • 15 de dezembro de 2014 a 18:04
    Permalink

    Gostaria de sugerir a colocação do conceito de Região Metropolitana no glossário do site do participa e que ela seja abordadas sempre que possível nas oficinas de bairro, pois não podemos pensar em uma Salvador do futuro sem fortalecer a interação com a sua Região Metropolitana.

    Responder
    • 16 de dezembro de 2014 a 18:36
      Permalink

      Caro Luis,

      muito importante sua sugestão, vamos buscar incluir isto em breve.

      Att, Equipe

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *