Confira parecer sobre saneamento básico do relatório da Fipe

O professor Titular em Saneamento e Participante Especial da Universidade Federal da Bahia, Luiz Roberto Santos Moraes, foi o convidado do Participa Salvador para analisar o item 6.6.2 do Relatório de Caracterização Atual da Fipe, encomendado pela Prefeitura Municipal de Salvador, referente ao diagnóstico sobre Saneamento Básico.

Segundo Moraes, o documento é uma breve e mal feita compilação dos Volumes II, III e IV do Plano Municipal de Saneamento Básico, que necessita de conclusão, edição integrada dos componentes do saneamento básico e aprovação, com quase nenhuma análise crítica, muito aquém do que se espera de um documento elaborado como parte do Plano Salvador 500. As figuras e tabelas apresentadas não estão referidas ao longo do texto nem são comentadas.

Nem mesmo a Lei Municipal no 7.400/2008, que dispõe sobre o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano do Município de Salvador-PDDU 2007, Capítulo II Do Saneamento, Art. 95 a 106, o Relatório soube explorar. Fica a impressão que o referido item foi elaborado por estagiários, o que é muito preocupante, pela importância do saneamento básico para o Município e sua população, bem como pela importância do referido Relatório como parte inicial do Plano Salvador 500. Assim, o conteúdo apresentado apresenta-se insatisfatório, necessitando que o item 6.6.2 do Relatório seja completamente reelaborado.

Confira na íntegra o parecer sobre Saneamento Básico do Relatório da Fipe.

Conheça o Relatório de Caracterização Atual encomendado pela Prefeitura de Salvador à Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *